La page est en train de chargement

Créditos e spams: atenção às fraudes!

Blog | Crédito | Diversos | Notícias

Quer se trate de mails não solicitados ou de mensagens visíveis nas redes sociais, as fraudes ao crédito privado de tipo "spams" estão muito presentes na internet. Como reconhecê-las e proteger-se? Propomos-lhe uma análise de um scam recebido recentemente.

O que é um spam?

Trata-se de um termo inglês generalizado (da palavra “spam”) que designa uma fraude ou um embuste. O princípio é então o de enviar mails a particulares a fim de lhes extorquir dinheiro. Um spam ligado a um crédito ao consumo designa então uma mensagem que promete a concessão de um empréstimo a uma taxa especialmente vantajosa e por qualquer montante. No final, a pessoa que responderá ao mail terá que fazer pagamentos (despesas de administração, de abertura de conta ou qualquer outro exemplo) e nunca receberá dinheiro. Se os spams circulam geralmente por mail, estes também estão muito presentes nas redes sociais.

Como reconhecer uma fraude?

Geralmente, este tipo de fraude é bastante fácil de reconhecer. Em particular, os sinais seguintes não enganam:

  • Ortografia: se a mensagem contém numerosos erros de ortografia, trata-se certamente de um spam.
  • Endereço do remetente: se o remetente da mensagem parece ser um particular (e não uma empresa) com um endereço de mail privado, e que não pode ser vinculado a uma empresa conhecida trata-se provavelmente de uma fraude.
  • Prestações propostas: se a oferta parece “demasiado boa para ser verdade”, há certamente algo de suspeito. Na Suíça, o crédito privado é muito regulamentado. Assim, empréstimos em caso de processo judicial de cobrança de dívidas não são possíveis. Em termos de condições, as taxas inferiores a 4% não existem.
  • Contacto únicamente por mail: se a mensagem não indica nenhum endereço nem número de telefone de contacto, a oferta é ainda mais suspeita.

Um exemplo de spam

Como exemplo, aqui temos um spam recebido recentemente sob a forma de um mail com o conteúdo seguinte (erros de ortografia incluídos, que aqui evidenciámos em vermelho):

Bom dia, estou me voltando para todos os particulares na necessidade para lhes disser
que concedo empréstimos de dinheiros de 3000$ a 9.500.000$ para qualquer
pessoa capaz de reembolsá-lo com uma taxa de juros de 2% o ano e
um prazo de 1 a 15 anos, dependendo do montante pedido. Eu faço isso
nas seguintes áreas: – Empréstimo Financeiro – Empréstimo imobiliário –
Empréstimo de investimento – Empréstimo de automóveis – Dívida de consolidação –
Compra de Crédito – Empréstimo pessoal – Vocês estão listados Se você realmente
está em necessidade, envie-me um e-mail para mais informações.
Queira me contactar por mail: xxxxxxxxxx@gmail.com

Se observamos a mensagem e retomamos os critérios mencionados acima:

  • Ortografia: a mensagem contém numerosos erros de ortografia e de pontuação, maiúsuclas – minúsculas inadequadas.
  • Endereço do remetente: trata-se de um endereço @gmail.com, que pode ser criada por qualquer pessoa. Isto, portanto, não se refere claramente a nenhuma empresa.
  • Prestações propostas: além da taxa de 2%, a pessoa também oferece um empréstimo às pessoas listadas, o que é muito vago. A duração de 1 a 15 anos também não é realista.
  • Contacto: apenas um endereço Gmail é aqui proposto. Nenhum endereço real ou número de telefone está disponível.
  • Outros índices: aqui a pessoa propõe um empréstimo em dólares ($) e não em Chf. As construções das frases estão num estilo muito incomum e a mensagem usa termos pouco usados na Suíça. Assim, na Suíça não se fala de dívida de consolidação (em francês, dette de consolidation), mas sim de compra de crédito (rachat de crédit).

Como se certificar da seriedade de uma oferta?

Se receber anúncios de publicidade ou encontrar mensagens deste tipo em redes sociais, a melhor maneira de garantir a seriedade da oferta é de verificar a existência de uma empresa anexada à oferta: verificar a existência de um site internet na Suíça, com endereço de contato e número de telefone. Finalmente, se receber esta mensagem de um dos seus entes próximos (por e-mail ou através de uma rede social), fique atento também: a conta deles pode ter sido pirateada e usada para propagar este tipo de spams. Geralmente, este tipo de fraude é bastante fácil de detectar. Em todos os casos, o melhor é ignorar a mensagem.

Artigo redigido pela equipa da Multicrédit – www.multicredit.ch