La page est en train de chargement

Crédito e reembolso antecipado : como economizar dinheiro

Blog | Crédito

As agências de crédito promovem muito a possibilidade de efectuar um reembolso antecipado. De que se trata , como funciona, e sobretudo quanto podemos esperar economizar! Descubra as nossas explicações!

A escolha da duração do reembolso do crédito

Seja qual for a taxa de juros proposta, o custo final de um empréstimo dependerá sobretudo da duração do reembolso. De facto, a taxa de juros é uma taxa anual. Mais a duração do reembolso se prolonga, mais a taxa de juros será elevada. Escolher a duração do seu empréstimo é por isso uma etapa delicada:

    • Uma duração de reembolso muito curta assegura-lhe certamente um custo total menos elevado, mas implicará um reembolso mensal que ultrapassará talvez aquilo que o seu orçamento lhe permite.
    • Uma duração de reembolso de crédito muito longa gerará um custo total mais elevado.

A solução: o reembolso antecipado

Quando assina para um crédito, a taxa total está incluida nas suas mensalidades. Por exemplo, para um crédito de 36 meses, receberá 36 buletins de pagamentos idênticos. Cada pagamento contribuirá a pagar uma parte dos juros calculados sobre 36 meses. O reembolso antecipado consiste em pagar várias mensalidades numa só vez quando tem possibilidade. Assim, os 36 buletins de pagamento serão reembolsados em 32 meses por exemplo. Neste exemplo:

      • Terá pago 36 buletins em 32 meses apenas.
      • Mas nestes 36 buletins, terá pago os juros de 36 meses.
      • Pagou então muito caro, porque pagou um crédito em 36 meses em vez de 32.

Diferenças de juros

Neste tipo de casos, a agência de créditos deveria normalmente reembolsar-lhe a diferença de juros. Em regra geral, se hesita entre duas durações para o seu crédito, não hesite em escolher a duração do reembolso de crédito mais longa. De facto, poderá sempre, graças aos reembolsos antecipados, reembolsar o seu crédito mais rapidamente que previsto sem que seja necessário pagar juros inutéis.