La page est en train de chargement

Crédito ou leasing? Comparação das soluções

Blog | Crédito | Crédito Automóvel

Crédito e leasing são duas alternativas viáveis para adquirir um veículo. Não é por o crédito ser menos conhecido que é menos competitivo. Quais são as vantagens respetivas de cada uma das soluções? A nossa comparação e as nossas explicações.

Duas alternativas diferentes

Lembramos que a solução do crédito consiste em pedir dinheiro emprestado junto de um banco ou de uma instituição financeira, e utilizar a soma obtida para a compra do veículo. O montante que foi emprestado é então reembolsado por mensalidades fixas numa duração entre 12 e 72 meses e inclui as taxas de juros. O leasing não é um empréstimo, mas um aluguer de longa duração (ALD). O condutor paga então uma taxa mensal que corresponde à depreciação estimada do bem, mais as despesas de leasing. No fim do contrato, é possível comprar o veículo ao preço do seu valor residual.

A fim de ilustrar os pontos positivos e negativos de cada solução, Infocrédit propõe-lhe uma tabela comparativa destas duas alternativas de financiamento. Descubra então as vantagens e os inconvenientes principais.

O leasing: vantagens e inconvenientes

O leasing é a solução mais comum para a aquisição de um veículo. Fácil de obter, permite beneficiar de mensalidades baixas e pode ser subscrito numa longa duração. Ele apresenta contudo certos inconvenientes muitas vezes desconhecidos do público.

Leasing
Mais comumÉ muito fácil obter um veículo em leasing junto de um concessionário
Longa duraçãoUm leasing pode ser celebrado a longo ou a médio prazo, com a possibilidade de renovar no fim do contrato
Mensalidade baixaO custo mensal é muitas vezes vantajoso
Não proprietárioO bem não pertence ao condutor. Impossível voltar a vendê-lo por exemplo
Sem negociação de preçoQuer seja com a compra do veículo ou no fim do contrato: o leasing é vendido enquanto produto não negociável
Seguro cobertura exigidoO prémio mensal é além disso muitas vezes mais caro do que possuir inteiramente um veículo
Limite de quilometragemUm limite é por vezes exigido, com aumento no caso de ser ultrapassado
Rescisão antecipadaNo caso de rescisão antecipada do contrato, o cliente paga despesas

O crédito: a alternativa que não se deve ignorar

Enquanto o leasing é intrinsecamente ligado ao veículo adquirido, o crédito permite uma distinção precisa entre o próprio veículo, e o financiamento deste último. Se a fatura mensal se verificar mais elevada, os juros totais permanecem vantajosos, em particular numa duração mais curta.

Crédito
O veículo pertence ao condutorPossibilidade de voltar a vender sem nenhuma restrição
Preço negociávelO preço da compra e da venda pode ser negociado
Seguro e quilometragemNenhuma restrição em termos de seguros (cobertura facultativa), nenhum limite de quilometragem exigido
Reembolso antecipadoNo caso de um reembolso do empréstimo mais cedo do que o previsto, o cliente economiza nos juros que tem de pagar
Deduções fiscaisOs juros de um empréstimo podem ser deduzidos da declaração de impostos
Mensalidades por vezes mais elevadasEm particular se o contrato prevê um reembolso numa curta duração
Acesso mais restritoAssim, não é por exemplo possível obter um crédito no caso de um processo judicial de cobrança de dívidas

Comparar as ofertas

Aquando da compra ou da procura de um veículo, pode ser interessante comparar as ofertas de crédito e leasing a fim de encontrar a melhor solução em função das suas necessidades e da sua situação. Qual é o orçamento mensal disponível? Está previsto comprar o veículo no fim do contrato? Quais são as necessidades em termos de seguros? Perante todas estas questões, um conselheiro poderá ajudá-lo com respostas personalizadas e propor-lhe, por exemplo, uma comparação entre as soluções. De facto, o custo de cada alternativa depende de vários fatores, e sobretudo não é possível comparar simplesmente as taxas de juros, porque o cálculo do custo é diferente. Uma boa análise do custo terá em consideração todos os fatores, mas também a situação do tomador do veículo.

Artigo redigido pela equipa da Infocrédit