La page est en train de chargement

Cartão pré-pago: do que se trata e quais são as vantagens?

Blog | Cartão de crédito

Já há alguns anos, um número crescente de estabelecimentos que distribuem cartões de crédito estão propondo cartões pré-pagos. O que é exatamente este produto e quais são as vantagens que ele tem em relação às outras opções? Nossa análise.

Cartão pré-pago Visa e Mastercard: o que é?

Um cartão de crédito clássico, coloca à disposição de uma pessoa física um limite de crédito renovável, que pode ser utilizado em compras diretas (utilizando o cartão como modo de pagamento) ou em retiradas de dinheiro (caixas eletrônicos). O princípio é que o utilizador dispõe de um teto (o limite de crédito) dentro do qual pode usar livremente o seu cartão, reembolsando em seu próprio ritmo.

Um cartão Visa ou Mastercard de tipo pré-pago funciona de forma similar, exceto o fato de que o limite de crédito é nulo: para poder utilisar o cartão pré-pago (para compras ou retiradas de dinheiro) é necessário carregá-lo através de um depósito bancário, por exemplo. Ou seja, o cartão pré-pago é utilisável apenas enquanto o saldo estiver positivo.

Qual é o custo?

No caso dos cartões que não são pré-pagos, o custo anual do cartão varia entre 50 Chf e 300 Chf (ou mais). Não é o caso do cartão pré-pago, que é, em geral, gratuito. Porém, atenção, pois alguns custos são aplicados para que os prestatários possam fechar seus orçamentos. Estes custos se aplicam nas seguintes situações:

  • Nas compras diretas: uma comissão é cobrada a cada transação. Esta comissão está a cargo do vendedor. Antigamente alguns comerciantes aplicavam uma taxa de 2.15% sobre todos os pagamentos em cartão, o que tornou-se ilegal desde o 1 de agosto de 2015.
  • Nas retiradas em caixa eletrônico: uma comissão (normalmente alta) é cobrada. A retirada de 50 Chf poderá custar 55 Chf.

Vantagens do cartão pré-pago

Um cartão pré-pago Visa ou Mastercard pode ser comparado a uma carteira virtual capaz de ser recarregada à vontade. Este sistema possui inúmeras vantagens:

  • Modo de pagamento universal aceito em quase qualquer lugar.
  • Possibilidade de retirar dinheiro na maioria dos caixas eletrônicos.
  • A depender do prestatário, pode garantir prestações adicionais em termos de segurança (seguros, proteção em caso de perda, serviço de bloqueio, ajuda jurídica em caso de litígio, etc.)
  • A depender do prestatário, pode oferecer programas de prêmios através o sistema de troca de pontos acumulados com a utilisação do cartão. Prêmios incluem reduções, vales, etc.
  • Segurança contra o endividamento: devido à necessidade de pré-carga para poder utilisar o cartão, não há risco de gastar mais do que se pode.
  • Condições de acesso facilitadas: acessível desde os 14 anos, a depender do prestatário, além de haver menos risco de ter seu pedido recusado por um histórico negativo no ZEK (para mais informações sobre esta central de créditos, clique aqui).

Desvantagens

Naturalmente, o cartão pré-pago não é perfeito. Primeiramente, não se trata realmente de um cartão de crédito, mas de um cartão de pagamento: é impossível utilizá-lo sem tê-lo carregado antes. O que fazer se durante as férias, por exemplo, os custos locais estiverem bem mais caros do que previsto e que o montante no seu cartão pré-pago não for suficiente? Neste aspecto, um cartão de crédito comúm apresenta uma maior flexibilidade. Além disso, deve-se considerar os seguintes elementos:

  • Todos os cartões pré-pagos têm normalmente um limite de recarga (entre 2’000 e 3’000 Chf aproximadamente): ou seja, não são úteis para quantias altas.
  • Existe um limite mensal de retirada de dinheiro (em função das condições impostas pelo prestatário e do caixa eletrônico).

Uma boa solução para os jovens

Deve ter se dado conta, a esta altura, de que este produto se dirige principalmente aos jovens que, por exemplo, não têm idade suficiente para possuir um cartão de crédito normal. Esta solução também é interessante em termos de segurança: se o cartão for comprometido por algum tipo de sinistro, não poderá, de forma alguma, ser gasto mais do que a quantia pré-carregada.

A quem se dirigir?

Cada vez mais, bancos e organismos financeiros propõem o cartão pré-pago Visa ou Mastercard. Pode ser interessante, no entanto, verificar bem as condições do contrato antes de o assinar. Qual é o limite de carregamento? O pagamento com o cartão pré-pago é fácil de ser realizado? Qual é a idade mínima a partir da qual se pode ter um cartão desses? Existe um sistema de prêmios associado e, se for o caso, é interessante? Como sempre, o melhor a ser feito é ponderar bem todas estas questões e comparar as diferentes ofertas antes de se comprometer.

Artigo realizado pela equipe da Multicrédit – a especialista em crédito na Suíça.