La page est en train de chargement

Cartão de débito – cartão de crédito: quais as diferenças?

Blog | Cartão de crédito

Nos nossos dias, aceder aos cartões de pagamento torna-se cada vez mais fácil. Entre as soluções propostas pelos bancos, pelas grandes insígnias ou ainda pelas sociedades privadas, distinguem-se dois grandes grupos de produtos: os cartões de crédito, e os cartões de débito. Quais as diferenças entre estes dois produtos, e quais as vantagens respetivas? Explicações.

Uma questão de definição

Os dois tipos de cartões permitem a priori aceder aos mesmos serviços: os pagamentos online, os pagamentos por cartão, ou retirar dinheiro junto de um distributor. A diferença entre estes dois tipos de cartões é relativa aos termos utilizados: crédito, e débito. O crédito subentende uma autorização de despesa para uma soma que não possui forçosamente. O débito refere-se a um débito direto das suas liquidezes. Assim:

  • O cartão de crédito permite-lhe gastar dinheiro que não tem forçosamente à sua disposição. As somas gastas são assim “avançadas” pelo organismo emissor do cartão. Será portanto da sua responsabilidade reembolsar este organismo, com eventuais juros acrescidos. Os cartões de crédito são sempre limitados por um limite máximo, ou limite de crédito.
  • O cartão de débito é sempre associado a uma conta bancária ou postal. Aquando da utilização do cartão para um levantamento ou um pagamento, a sua conta é então diretamente debitada.

O cartão de crédito em detalhe

Este tipo de cartão inclui os cartões Visa, Mastercard, Maestro, Dinner’s, etc. Encontramos númerosos provedores na Suíça. As vantagens e os inconvenientes são:

  • A possibilidade de dispôr de uma certa quantia de dinheiro sem ter de a reembolsar imediatamente. É assim possível reembolsar as suas despesas no fim do mês num só pagamento, ou programar os reembolsos em várias mensalidades.
  • A possibilidade de obter vários cartões, cumulando assim os limites máximos. Isto permite ter à sua disposição uma soma global mais importante, mas também aumenta os riscos de desendividamento no caso de uma utilização excessiva do cartão.
  • A existência, geralmente, de um programa de prémios. Quanto mais utilizar o seu cartão, mais poderá beneficiar de prestações “bónus”.
  • Interesses muitas vezes elevados no caso de reembolsos parciais durante vários meses.
  • As despesas são frequentemente muito importantes no caso da utilização do cartão para retirar dinheiro junto de um multibanco.
  • No caso de quantias importantes a reembolsar, é possível solicitar uma solução de consolidação do saldo dos seus cartões de crédito a fim de diminuir os juros pagos.

O cartão de débito em detalhe

Os cartões de débito são concedidos unicamente através do seu banco, ou pelos Correios se possui uma conta postal. O cartão é então diretamente associado a uma conta corrente. Assim sendo:

  • Não é forçosamente possível utilizar o cartão se a sua conta temum saldo negativo.
  • Só é possível ter um cartão por conta, o que limita muitas vezes as possibilidades de ter múltiplos cartões de débito.
  • As despesas são nulas ou praticamente inexistentes no caso de um levantamento junto de um multibanco.
  • Não há nenhum juro associado ao reembolso, uma vez que a conta é diretamente debitada.

Combinar as soluções

Que produto escolher em definitivo? Cada um terá a sua preferência, mas a maior parte das pessoas opta por ter pelo menos um cartão de cada tipo. Se o cartão de débito permanece a melhor escolha para retirar dinheiro ou para despesas correntes, o cartão de crédito pode também ser útil em férias, aquando de compras online, ou simplesmente no caso de despesas imprevistas.